Skip nav

Acções Marie Curie

Acções Marie Curie

Bolsas Internacionais de Entrada (IIF)

7º Programa-Quadro de ID&T
Programa Pessoas

O que são as Bolsas Internacionais de Entrada?

Esta acção destina-se a encorajar investigadores de alto nível residentes e a exercer a actividade de investigação em Países Terceiros a vir para a Europa, com vista a desenvolver investigação em colaboração, numa base de benefício mútuo, entre a Europa e os Países Terceiros.

Quem pode candidatar-se?

Os investigadores de qualquer nacionalidade que tenham obtido o Grau de Doutoramento, ou tenham pelo menos 4 anos de investigação a tempo inteiro (espera-se no entanto que o investigador tenha maior experiência).

Quais são as áreas de Investigação?

Os projectos incluem todas as áreas de investigação científica e tecnológica de interesse para a União.

Como funciona?

As propostas são submetidas pelo investigador que se candidata conjuntamente com a instituição de acolhimento localizada no Estado-Membro ou Estado-Associado, e serão avaliadas por peritos independentes, de acordo com critérios pré-estabelecidos. O financiamento será atribuído às melhores propostas por períodos de 1 a 2 anos, e eventualmente por uma fase de retorno adicional de 1 ano se o investigador for proveniente de um ICPC (País Parceiro no âmbito da Cooperação Internacional).

Que despesas estão cobertas por este financiamento?

O financiamento inclui o salário do investigador e uma contribuição para cobrir custos do projecto.


O convite para esta Acção será lançado em 14 de Março de 2013.

O prazo limite para submissão de candidaturas é 14 de Agosto de 2013 às 17h, hora de Bruxelas (16h, hora de Lisboa). Para mais informações, contactar o Ponto de Contacto Nacional:

Ana Mafalda Dourado
Ana.Mafalda@fct.pt
GPPQ
(351) 213917640
(351) 927430673

A informação nesta página foi obtida a partir de uma publicação da Comissão Europeia sobre as Acções Marie Curie, sob a supervisão e com esclarecimentos adicionais do Ponto de Contacto Nacional.